Resenha- Branco como a Neve- Salla Simukka

Simukka, Salla. Branco como a neve/ Salla Simukka; tradutor Pasi Loman e Lilia Loman.- Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito, 2017.Recuperando-se do terror que vivenciou nas mãos da máfia, Lumikki tem a chance de deixar a Finlândia, se livrando das roupas pesadas, das lembranças sombrias... e do perigo. Ela só quer ser uma garota normal, misturar-se à multidão de turistas e aproveitar as férias. Quando Lumikki conhece Zelenka, uma jovem misteriosa que alega ter o mesmo sangue que ela, as coincidências são inquietantes. Rapidamente ela se vê envolvida no mundo triste daquela mulher, descobrindo peças de um mistério que irá conduzi-la a uma seita secreta e aos mais altos escalões do poder corporativo. Para escapar dessa trama asfixiante, Lumikki não poderá fazer tudo sozinha. Não desta vez.

Classificação:



Ficha Técnica
ISBN-10: 8581636896
Ano: 2017
Páginas: 224
Idioma: português 
Editora: Novo Conceito
Onde comprar? Editora Novo Conceito

Notas
Capa: 10/10
Conteúdo: 09/10
Diagramação: 10/10
Conceito Geral: 9,5/100

A neve que congela corações
Por Paloma Viricio
Visão Geral

Diante dos olhos de Lumikki havia uma escuridão total e ela gostava daquilo. Por um momento, desejou que a escuridão continuasse e que fosse capaz de inalá-la calmamente, sem pensar sobre nada, nem sobre as pessoas ao seu redor. Uma luz foi acessa, porém; no palco, uma silhueta de uma floresta sombria, mas bela, do tipo em que seria fácil se perder, se abriu diante dos espectadores. O conto de fadas podia começar”, p.183. A vida de Lumikki é solitária, sombria. Ela vive em um mundo próprio. O que ela não imagina é que existem pessoas que dariam tudo para ter sua cabeça em mãos.

Nem acreditei quando a Novo Conceito anunciou que a continuação da trilogia da Branca de Neve seria lançada em 2017. Estava deveras ansiosa para saber qual seria a aventura que a personagem principal iria enfrentar dessa vez. Gostei muito do que vi em Vermelho como o Sangue e com o sucessor não foi diferente. Li Branco como a Neve em apenas um dia. As pessoas podiam falar ao meu redor que não me importava. Fui tragada para outro universo. Impressionante como a autora consegue prender a atenção do leitor. Salla Simukka sabe realmente como desenvolver um bom livro. A autora faz o cérebro do leitor bailar contente através de cada descrição. Dá para notar o aprimoramento na escrita de Simukka, que não era ruim, mas que ficou ainda melhor. “Ele olhou para os rostos calmos das pessoas adormecidas (...) Elas todas pareciam tão pequenas e frágeis, até mesmo os homens adultos. Elas eram como borboletas ao seu alcance. Ele tinha o poder de esmagá-las, transpassar uma agulha por elas e fazer delas sua própria coleção; prender suas asas, defumá-las ou privá-las de ar. Ele as tinha em suas mãos”, p.34.


A personalidade de Lumikki é muito peculiar. Confesso que quando li Vermelho como o Sangue demorei um pouquinho até me acostumar como jeito dela, mas nesse segundo livro já foi mais fácil porque sabia o que iria encontrar em questão de personagem. Lumikki é desse jeito retraído, com baixo estima por causa do Bullying. É possível ver claramente como isso afetou o jeito da personagem, assim como afeta a formação de diversos indivíduos na sociedade. Por isso, nunca acho que esse assunto é batido e sim necessário de ser mostrado. É evidente que o Bullying ainda está ai como um monstro que assola o pensamento de diversas pessoas. Segundo pesquisa realizada pelo IBGE em parceria com a Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da USP, cerca de 20,8 % já praticaram Bullying contra colegas. As estatísticas mostram que é preciso investir em educação social e ensinamentos e respeito às diferenças. Por isso, gosto quando vejo tramas que abordam temas importantes como esse. Afinal,como diria Maria Quintana: " Livros não mudam o mundo,quem muda o mundo são as pessoas. Os livros só mudam as pessoas." Eu particularmente acredito que essa mudanças de pessoas através dos livros que faz total diferença. 

Zelenka é outra personagem que conhecemos nessa edição. Ela sinceramente me irritou um pouco em alguns momentos. Muito bobinha.  E o pior é saber que existem milhões de pessoas pelo mundo que continuam sendo manipuladas por religião, assim como ela. Vamos combinar que o que ela fez com a Lumikki também não foi legal, mas a motivação e o desenrolar da trama vocês só saberão lendo Branco como a neve. A forma como a autora interliga os fatos é excitante. Salla Simukka não deixa nenhuma falha que possa desestimular a leitura. Por isso, tive uma experiência muito boa com esse livro. A trilogia da branca de neve será finalizada com o livro Preto como o Ébano. “A saudade era um sentimento como qual era difícil viver em paz. Ela não pedia permissão. Não se importava com hora nem lugar. Era destemida e exigente, gananciosa e egoísta. Ela turvava os pensamentos ou os tornava até demasiadamente claros, demasiadamente nítidos”, p.59.

Design e diagramação
Como sempre o design e a diagramação da Novo Conceito está perfeita. Linda capa!! Os detalhes mostrados dentro do espelho refletem bastante o cenário que o leitor encontra na trama. Simplesmente amo capas com detalhes em preto e branco. Essa segue o mesmo padrão do livro anterior. O miolo foi impresso em papel pólen, com letras e espaçamentos confortáveis para leitura.
Sobre a autora

Salla Simukka é uma premiada autora de ficção para jovens adultos. Tradutora e roteirista de TV, já estudou filosofia nórdica, finlandês, literatura e escrita criativa. Nasceu em Tampere, na Finlândia, onde vive até hoje. Fonte: Editora Novo Conceito.


O trabalho A neve que congela corações de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.

Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.  

15 comentários:

  1. Oi Paloma, tudo bem?

    Eu só li o primeiro e achei o final tão redondo que estou curiosa pra saber como é essa continuação! espero gostar tb!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oi Paloma,
    Eu ainda quero muito ler o primeiro, minha prima que resenhou ele na época haha
    Gosto de livros do gênero e ainda envolve bullying, o assunto é bem pessoal e sempre me toca quando surge nas leituras. Amei sua resenha e espero curtir tanto como você.
    E que gatinho fofo ♥

    tenha uma ótima sexta.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  3. Olá Paloma!
    Que resenha mara!
    Só li o primeiro livro e gostei bastante da narrativa.
    VC diz que houve uma evolução na escrita da autora, que já era fluída, e que esse livro prende a atenção do início ao fim e que foi levada para outro universo, sendo transportada em letras de magia e encantamento.
    E o tema bullying sempre importante e atemporal.
    Já fiquei super curiosa para ler, inclusive pela personalidade e comportamento dos personagens, com seus nomes interessantíssimos <3
    Vai para a lista dos desejados <3
    A capa é linda demais.
    Bjs Luli

    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
  4. Estou indo pra Finlândia em 15 dias, fiquei curiosa com esse livro aí hahaha


    Beijinhos
    n. // www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
  5. Achei super interessante o título...
    sempre ouvi esse ditado de mãos frias coração quentekkkkkk
    Branco como aneve parece ser lindo!!!!!
    Bjos e bom fds!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Paloma!
    Eu vejo muita gente falar bem dessa continuação... me deu até vontade de começar a ler essa série
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  7. Nossa, parece meio assustador, não sei se é um livro que me atraia muito, o suspense é legal?

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia esse título, mas me deixou muito intrigada! Seu pet é lindo demais!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  9. Hello! You have a very beautiful and interesting blog! I follow you through the GFC. Maybe you want to follow me, too?

    I will be very glad to be friends! Good weekend!

    xoxo, Nastya

    MY BLOG NASTYA DEUTSCH

    ResponderExcluir
  10. Oi, Paloma. Não conhecia o livro mas fiquei apaixonada pela premissa. Acho que é uma história forte, um pouco densa mas com várias cenas de tensão que deixam o leitor apreensivo. Eu fiquei encantada com a premissa mesmo que não seja uma das minhas preferidas, fiquei afoita para conhecer mais sobre a série. Preciso ler o primeiro volume antes, mas amei a indicação!
    Beijo, Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  11. Acho legal que a Novo Conceito tenha publicado a continuação, estava justamente esperando por isso, pois tenho o primeiro livro. Mas ainda vou esperar o último livro antes de começar a ler, pois não quero ficar com uma série pela metade, ainda mais se eu gostar. É bom ver que a adaptação com a personagem foi gradativa e de modo natural. Os temas religião e bullying são outros atrativos que me chamam atenção nesta trilogia.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá! desta vez vou passar a dica. bjs

    http://entrepaginasemuitashistorias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Paloma! Ainda não li o livro mas tenho visto alguns comentários sobre a obra, o que tem me deixado curiosa. Já anotei a indicação. Espero ter a oportunidade ler também em breve. Muito boa sua resenha, bjooooooo

    ResponderExcluir
  14. Paloma!
    Li o primeiro livro e gostaria muito de ler a continuação.
    Pelo que analisou, é ainda melhor que o primeiro.
    Desejo uma ótima semana!
    “Compreender que há outros pontos de vista é o início da sabedoria.” (Campbell)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.